10% OFF EM COMPRAS A PARTIR DE R$199 Saiba mais >

Guia Completo: Tudo Sobre Bases para uma Pele Perfeita

Todas nós passaremos pela adolescência, teremos as clássicas marquinhas de espinhas passadas, ou mesmo manchas de queimaduras do sol, ou outros motivos que resultam em machucados na nossa pele do rosto. E com isso, nossa autoestima rola ladeira abaixo. E não podemos esquecer as olheiras, um verdadeiro terror diário toda vez que nosso cansaço vem à tona e reflete nos nossos olhos. As manchas e olheiras no rosto são mais visíveis no dia-a-dia, seja pela clara ou escura, elas aparecem claramente. Por mais que manchinhas contem nossa trajetória de vida, para escondê-las de dia e um look de arrasar a noite, é necessário sempre corrigi-las. Exatamente por isso o famoso “reboco” é tão importante, tem como objetivo igualar a tonalidade da pele, não dando vez para machinhas e olheiras inconvenientes. Precisamos de uma ajudinha extra para uniformizar a pele do rosto a fim de prepara-lo para receber a maquiagem, mas bases podem ser verdadeiros enigmas na vida de muitas mulheres. Exatamente por saber há inúmeras dúvidas a respeito dessa ferramenta chave na maquiagem que elaboramos este guia completo sobre bases.

 

Base é o primeiro passo da maquiagem?

O único consenso que de fato há é que o primer é o primeiro passo da maquiagem. Como o nome mesmo diz, primer = primeiro. Algumas mulheres usam, porém outras não. O objetivo do primer é “segurar” a maquiagem, para que a make linda que você demorou horas para passar não escorra no decorrer do dia. Depois, a grande maioria das pessoas usa a base. Aplique-a da parte de dentro do rosto para a parte de fora. Espalhe bem pelas maçãs do rosto, testa, queixo e nariz. Montando o trio: base-corretivo-pó, nesta respectiva ordem. Porém, há aqueles que indicam o uso do corretivo primeiro, já que vai camuflar os defeitos da pele nos locais onde a pele precisa mais, daí sim a aplicação da base para uniformizar a tonalidade do rosto. Teste as duas ordens, e fique ao seu critério qual melhor ordem para cada ocasião.

Ah, também não se preocupe com a ordem pele primeiro, olhos e boca depois. Importante mesmo é deixar a boca por último, já que o batom é o toque final da maquiagem.

 

Como escolher a cor ideal?

RECONHEÇA A COR DA SUA PELE! O propósito da base é uniformizar o tom da sua pele, por tanto é fundamental você saber o tom da sua pele. Saiba perfeitamente o seu tom de pele, e, principalmente, não olhe apenas para seu rosto, olhe seu pescoço, colo, busto. Ainda que não consiga igualar totalmente os tons do seu corpo, o objetivo é diminuir as disparidades e uniformizar na medida do possível. A cor do colo não pode distinguir muito da cor do rosto no final da maquiagem, por tanto escolha o tom que mais se aproxima do seu colo e pescoço. O “efeito máscara” não é agradável na escolha da base errada, afinal, seu rosto tem que estar compatível com o corpo e não o oposto.

>>>TESTE!!!<<<

Teste sempre os tons antes de ir comprando uma base, pelo menos dois tons acima e dois abaixo do que você acreditar ser ideal para o seu tipo de pele. E, principalmente, não teste no pulso!!! É mais complicado definir cor da base no teste no pulso, já que, como foi dito acima, o corpo tem tons distintos, o pulso pode não estar compatível com o tom do seu colo, justamente por ser a região mais fácil de pegar sol no dia-a-dia. O importante é casar a cor do colo com o do rosto. A dica crucial é aplicar no maxilar, e quando aplicar e der vontade de gritar “eureka” é a base perfeita. 

 

Fazer misturinhas de base é um truque legal ou não?

Você procura e procura, mas o “eureka, achei a base perfeita” não aparece. Por mais que tenhamos uma gama de escolhas e opções de bases no mercado, nem sempre conseguiremos encontrar a tonalidade ideal que desejamos naquele momento para nossa pele. Além do mais, a cor da nossa pele muda com mudanças das estações do ano. No verão nós estamos mais bronzeadas, o sol forte promove o bronze no rosto sem nem precisar ir à praia. Logo, encontrar uma base na tonalidade que se adeque ao bronze é um tanto mais difícil, mas o oposto também é problemático. O inverno já significa a ausência de sol, talvez seja melhor uma base não tão clara para promover um efeito de vida nas maças do rosto, porém, escurecer demais significa se transformar em um alien vindo direto do futuro de um verão que ainda faltam meses para começar.

Então, para resolver esses pequenos problemas: FAÇA MISTURINHAS! Como? Veja logo abaixo:

Adicione partes das duas bases que você deseja misturar no rosto. Caso nenhuma delas não desapareça, veja se está mais clara ou escura. Dependendo do resultado, adicione a cor contrária da que conferiu na pele ao poucos para não errar o tom. Vá testando do rosto, quando desaparecer é o correto.

 

Bases líquidas ou bastão? Entenda as diferenças em os tipos

Passo seguinte: RECONHEÇA SEU TIPO DE PELE! Olhe no espelho e entenda qual é o perfil da sua pele.  A formulação correta da base também é de crucial importância, se os primeiros passos são entender a cor e tipo do seu rosto, ir atrás da base cuja formulação está em de acordo ao seu tipo de pele (oleosa, mista ou seca). Exemplo: bases com potencial de hidratação pode provocar mais oleosidade numa pele que já é naturalmente oleosa, ou bases com propriedades anti-oleosidade irão endurecer e rachar numa pele ressecada. LEIA O RÓTULO!

  • Bases líquidas são indicadas para peles secas, por ser fluida e de fácil aplicação.
  • Bases tipo mousse são indicadas para quem tem a pele oleosa, justamente por serem sem óleo, findam com o brilho do óleo natural do rosto.
  • Bases de bastão são mais consistentes, sendo assim, são indicadas para peles cuja oleosidade é limitada na “região do T” (testa, nariz e queixo). O formato bastão facilita aplicação nas bochechas.

 

Protetores com cor/ BB Creams/ CC creams: substitutos para as bases?

As inovações no mundo da maquiagem são constantes. O boom do uso popular de bases foi em 1990, até então só profissionais utilizavam bases para uniformizar a pele. Porém, o uso de bases era limitado a eventos noturnos. Para o dia-a-dia, aconselhado por dermatologistas era o uso do protetor solar, até mesmo devido às intensas ondas de calor e sol forte. Visando unir os dois produtos, surgem novidades no mercado. O BB cream aparece no início do século XXI proporcionando proteção mínima dos efeitos nocivos do sol, além de cobertura o suficiente para uniformizar e hidratar a pele. Após a revolução dos BB Creams, vieram mais novidades, ambos com característica multifuncional, mas com foco em determinadas propriedades. Vamos explicar as diferenças entre todos eles:

 

BB CREAM

O mais versátil e multifacetado de todos, é um tratamento que melhora a textura da pele e suaviza imperfeições.  Possui pigmentos de cor que disfarçam as marcas mais inconvenientes. Contém FPS – protetor solar, que geralmente não é superior a 20, mas deve ser reforçado com um protetor solar, ou seja, é aconselhável não contar com o FPS baixo do produto. Além disso, alguns possuem até ação antibrilho e de controle de oleosidade. BB Cream é uma dica para o uso diurno ou para aqueles momentos que maquiagem pesada não combina, ou então usado como primer. 

Mas, e CC Creams? DD Creams? Veja a sutil diferença de ambos na imagem abaixo:

  

HIDRANTANTE COM COR

Como o mesmo nome diz, tem a função de nutrir a pele ao mesmo tempo em que faz uma cobertura bem leve. O produto cobre imperfeições de modo suave por também conter pigmentos de cor. Também possa ser usado no dia a dia, é necessário incrementá-lo com um produto que proteja dos raios solares, já que, assim como BB Cream, possui FPS baixo. As suas fórmulas podem ser à base de água ou à base de óleo, escolha o hidratante com cor que mais combina com seu tipo de pele.  

 

PROTETOR SOLAR FACIAL

As fórmulas específicas de protetor para o rosto têm uma textura mais leve e sequinha para atender às necessidades especiais da pele nessa região. Os protetores com cor também procura deixar a pele bem uniformizada e livre de imperfeições, podendo também ser confundidos com o BB Cream. No entanto, a sua fórmula é preparada para proteger a pele contra os raios UVA e UVB. Nos produtos anteriores, o foco é a cobertura ou hidratação, no caso do protetor facial com cor, o foco do produto é a proteção solar. Este tipo de produto pode ser usado para o dia-a-dia ou mesmo para um banho de mar. 

 

BASE 

Ao contrário dos outros, a base de maquiagem não é um tratamento e sim uma camuflagem, não devendo ser usada sozinha. Pode entregar um efeito incrível, várias horas de pele perfeita, além do mais, algumas também possuem FPS e propriedades hidratantes, mas não é o foco do produto. Bases possuem como principal objetivo é uniformizar a pele, pode hidratar um pouco, ou proteger minimamente do sol. Mesmo assim, é muito importante não abrir mão do hidratante e do protetor solar ao usar a base. Diferentemente dos demais produtos, é muito importante ter o cuidado de sempre remover muito bem toda a base antes de dormir.

 

Vamos falar sobre base Youthful Wear Spotless da Physicians Formula?

A proposta principal da base Youthful Wear é cuidar da pele, assim como todos os produtos da linha. A base visa diminuir a aparência de manchas, minimizar manchas escuras causadas pelo sol, por espinhas ou mesmo pela idade. A textura da base é bem líquida, mas, ao contrário do que possa parecer, apesar da sensação de oleosidade enquanto espalha o produto pelo rosto, depois de alguns segundos, o produto fica mais hidratante, mais macio e termina com um toque mais seco na pele.

O acabamento da base não é opaco, tem compromisso em deixar a pele com um aspecto iluminado. Por tanto, serve tanto para ocasiões diurnas como ocasiões noturnas. Uma nova revolução no mundo das bases, além da embalagem fantástica.

  

Com que aplicar? Esponja? Beauty Blender? pincel? Qual o tipo de pincel? Veja quem de fato é seu amigo..

 

  • Beauty Blender: O nome é rebuscado, mas a beauty blender é uma esponja anatômica Feita de látex que serve para aplicar a base líquida no rosto. Há grande a praticidade na hora de aplicar, a Beauty Blender deixa a pele bastante uniforme. Exatamente pelo baixo custo se comparado ao pincel e excelente rendimento, a beauty blender virou a queridinha de muitas mulheres.

Existem alguns formatos distintos de beauty blender. Todas tem o lado mais afunilado para aplicação nos cantos dos olhos e nariz, e o lado mais arredondado para as demais regiões grandes dos rostos. A adaptação e preferência da beauty blender é particular para cada mulher.

 

  • Esponjas tradicionais:  Esponjas são ótimas, porém escolha o tipo em de acordo com a sua base. Esponjas porosas não são indicadas para aplicar produto de base liquida, a não ser que seja em pó ou nas versões em que base e corretivo estão no mesmo produto.

 

  • Esponjas “queijinho”: Para bases líquidas e pastosas, use as esponjas no formato de queijo. Pela forma triangular, essas esponjinhas são ótimas para os cantos dos olhos e nariz. Antecessora da beauty blender, não possui o formato arredondado para as bochechas e pescoço, mas cumpre a função de minimizar as olheiras.   

 

>>>A dica<<<

Não é indicado utilizar a esponjinha seca, pode absorver grandes quantidades de base. Então, a dica é umedecer a esponja com água antes da aplicação, a esponjinha irá aumentar de tamanho. Por isso, a esponja acaba por diluir a base, diminui a concentração de cobertura do rosto. É perfeita para um acabamento mais natural do dia-a-dia.

  • Kabuki: o pincel no formato kabuki é grosso, com maior quantidade de cerdas, proporcionando assim maior precisão e cobertura para a pele. Coloque pequena quantidade de base no rosto e faça movimentos circulares para ter um bom efeito.

 

05 e 06- Língua de gato: Estes pinceis são, dentre os demais, os mais acessível e barato para comprar. Cumpre o papel de produtos líquidos ou cremosos no rosto, porém o acabamento não é dos melhores, já que o pinceis língua de gato pode deixar o acabamento da pele marcado, não há grandes diferenças entre o formato reto ou encurvado. Dica crucial para os dois tipos é fazer movimentos em X com o pincel para evitar os problemas de pele marcada.

 

07-Duo Fibre: esse é um pincel perfeito, feito de cerdas sintéticas na base e naturais no embaixo e, por isso, deixa a pele com aspecto iluminado. A dica para é aplicá-lo dando leve batidas em toda a superfície do rosto.

 

08-Dedos: isso mesmo que você leu: DEDOS! Seus dedos podem ser boas ferramentas para aplicação de bases. Evite colocar muito produto, aplique aos poucos e vai espalhando. Essa dica é comum em para todas as formas de aplicação. Dê batidinhas!

 

 

Referências

http://www.acordabonita.com/2013/09/curso-de-automaquiagem-guia-para-escolha-e-aplicacao-da-base/

http://camillacabral.com/resenha-youthful-wear-spotless/

https://belezaesaude.com/bb-creams/

http://www.acordabonita.com/2013/09/curso-de-automaquiagem-guia-para-escolha-e-aplicacao-da-base/

Postado em Maquiagem no dia 26 de Novembro de 2017

Comentários

Leia também...

Tudo que Precisa Saber para Obter Cílios Perfeitos - Tutorias, Dicas e Curiosidades

Como ter cílios longos, volumosos e com aquela ondulação perfeita? Vo... Leia o artigo »

16/10/2017

Passo-a-Passo de uma Maquiagem: Inicio, Meio e Fim

Você sabe se maquiar? Sabe mesmo? Mas, com quem aprendeu? Nosso primeiro contato com... Leia o artigo »

09/12/2017

Tudo Sobre Maquiagens Naturais e Orgânicas 

Muito se tem falado sobre maquiagens naturais e orgânicas, mas o tema ... Leia o artigo »

04/12/2017